EUA: Atendimento de excelência ocorre para 28% das pessoas com HIV e aids nos EUA, informa CDC


Um recente estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, divulgado na semana passada pelo jornal Washington Post, revelou que apenas 28% dos 1.2 milhão de pessoas com HIV e aids naquele País têm um atendimento considerado ótimo.

Cerca de 75% do total de norte-americanos diagnosticados com HIV são encaminhados para cuidados só depois de quatro meses e apenas 50% seguem sendo assistidos depois desse período.

O tratamento com antirretroviral é um pouco menos receitado para mulheres (86%) do que a homens (90%). No quesito raça/cor, esses remédios são prescritos a 92% dos brancos que precisam, em comparação com 89% dos hispânicos e 86% dos negros.

No mesmo dia em que foi divulgada a pesquisa, o CDC anunciou um suporte financeiro para os Estados e municípios com maior prevalência do HIV. A cada ano, durante cinco anos, eles receberão 359 milhões de dólares

Estima-se que 20% dos norte-americanos soropositivos não sabem que têm o vírus.

De acordo com o Programa Conjunto das Nações Unidas para o HIV e Aids (Unaids), a prevalência média de HIV nos Estados Unidos é próximo a do Brasil, por volta de 0.6%

Agência Aids – 20.12.2011

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 28 outros seguidores

%d bloggers like this: