É Melhor Saber: “Fazer o teste da Sida é um acto de cidadania activa”


“Fazer o teste da Sida é um acto de cidadania activa”. Foi desta forma simples e directa que a jornalista Fernanda Freitas justificou a importância do movimento É Melhor Saber, hoje apresentado e que tem como objectivo alertar os cidadãos para a importância do diagnóstico precoce do VIH/SIDA, ou seja, a fazerem o teste.

Em Portugal, o teste o VIH/Sida é gratuito, voluntário e confidencial.

Durante a apresentação do É Melhor Saber, que decorreu na Fundação Gulbenkian, em Lisboa, Fernanda Freitas elogiou ainda o facto de este ser um movimento. “É curioso que lhe tenham chamado um movimento, porque queremos que as pessoas se movimentem, que não fiquem quietas”, revelou.

“Pior que ter a doença é passá-la a quem mais gostamos, a quem amamos. Este é o melhor presente que podemos dar, e eu já o dei à minha filha e namorado”, explicou a jornalista.

A apresentação oficial do É Melhor Saber contou com a participação de vários responsáveis da luta contra a Sida e do casal Margarida Pinto Correia e Luís Represas, que incentivaram as pessoas a fazerem o teste.

“Nós, que estamos nesta sala, já estamos ganhos para este diagnóstico precoce do VIH/Sida. É preciso ganhar os outros”, começou por dizer Margarida Pinto Correia. “As pessoas pensam que já todos sabem desta luta contra a Sida, mas não é verdade. A população entre os 18 e os 24 anos é a mais infectada, hoje, no Mundo. São os jovens”, concluiu.

Por sua vez Luís Represas, num discurso emotivo, admitiu que “não é fácil fazer o teste”. “Eu sei disso por experiência própria. Mas precisamos de saber de nós próprios, para os outros saberem deles próprios”.

Consulte o site do É Melhor Saber. E a página no Facebook.

Recorde-se que Portugal tem uma das maiores prevalências de infecção do VIH/Sida do continente europeu. Por outro lado, a epidemia tem, em Portugal, um padrão complexo de distribuição – não há grupos de risco, mas comportamentos de risco. Juntos, estes factores levam a que exista actualmente um claro subdiagnóstico e um desconhecimento sobre a infecção VIH/Sida por parte da população em geral

O movimento É Melhor Saber é uma iniciativa da consultora de comunicação e Public Engagement GCI e reúne os principais stakeholders relacionados com a luta contra a Sida, desde sociedades científicas, Direcção-Geral de Saúde e várias ONGs.

Consulte a Carta do Movimento.

Entre os parceiros encontram-se a RTP, Abraço, AJPAS (Associação de Intervenção Comunitária, Desenvolvimento Social e de Saúde), APECS (Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da Sida), Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral, Associação Positivo, GAT (Grupo Português de Activistas sobre Tratamentos de VIH/Sida), Liga Portuguesa contra a Sida, SER+, Sociedade Portuguesa de Medicina Interna e Sociedade Portuguesa de Doenças Infecciosas e Microbiologia Clínica, Fundação Calouste Gulbenkian e Gilead.

GreenSavers – 15.12.2011

Comments
One Response to “É Melhor Saber: “Fazer o teste da Sida é um acto de cidadania activa””
  1. amsgomes@hotmail.com diz:

    Sem demérito para a citada, informo que a D. Fernanda Freitas não é jornalista e não possui a respectiva carteira profissional, conforme se pode verificar em http://www.ccpj.pt

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 24 outros seguidores

%d bloggers like this: