Apenas 28% dos pacientes HIV mantêm condição sob controle


Dados recentes do Centers for Disease Control and Prevention, nos Estados Unidos, mostram que muitos norte-americanos com HIV não mantêm a condição sob controle.

Entre as quase 1,2 milhões de pessoas com a doença no país, apenas 28% têm a carga viral suprimida, de acordo com um estudo do CDC publicado no Morbidity and Mortality Weekly Report. A carga viral suprimida melhora a saúde dos pacientes e diminui drasticamente o risco de transmissão do vírus por meio da atividade sexual.

Parte do problema é que o tratamento anti-retroviral tem sido tão eficaz que alguns pacientes não veem a necessidade de tomar a medicação regularmente, disse Sharp.

“É difícil para as pessoas acreditar” no que pode acontecer se o vírus não for tratado, ela disse.

Ao mesmo tempo, um em cada cinco norte-americanos infectados com HIV não sabem que possuem a condição, segundo o CDC. Apenas cerca de metade das pessoas diagnosticadas com HIV recebem atendimento médico e tratamento contínuo.

Para ajudar a solucionar o problema, o CDC estimula os médicos a aumentar a quantidade de testes conta o HIV durante a rotina de consultas médicas. A agência recomenda que os médicos testem todas as pessoas com idades entre 13 e 64 anos. As pessoas com alto risco de contrair o vírus, incluindo usuários de drogas injetáveis e homens que fazem sexo com outros homens, devem ser testadas pelo menos uma vez por ano, segundo o CDC.

A agência incentiva os profissionais de saúde a educar os pacientes sobre como evitar contrair o HIV. Para os indivíduos com resultado positivo para a doença, os médicos devem explicar que é uma condição crônica, que ocorre até o fim vida e devem prescrever uma terapia anti-retroviral, orienta o CDC.

A terapia anti-retroviral padrão consiste na utilização de pelo menos três drogas para suprimir ao máximo o vírus HIV e interromper a progressão da doença, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Tomar estes medicamentos, em combinação com a prática de sexo seguro, pode reduzir o risco de propagação do HIV em 96%, de acordo com dados recentes do National Institutes of Health.

Para o estudo MMWR, os pesquisadores examinaram os dados nacionais sobre o número de pessoas com idades entre 18 e 64 que estavam vivendo com HIV em junho de 2010 e o percentual de adultos que relataram ter feito o teste para o vírus no ano passado.

isaude.net – 12.12.2012

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 24 outros seguidores

%d bloggers like this: