Estado nigeriano decreta três meses de prisão contra estigmatização de seropositivos


Lagos, Nigéria (PANA) – O Estado de Cross River, no sul da Nigéria, promulgou uma lei prescrevendo três meses de prisão ou uma multa de 100 mil nairas (650 dólares americanos) para toda pessoa culpada de discriminação contra os que vivem com o HIV/Sida.

No quadro desta lei, anunciada pelo procurador-geral estadual, Atta Ochinke, por ocasião da  celebração do Dia Mundial contra a Sida, na capital de Cross River, Calabar, a multa será de 500 mil nairas (três 225 dólares americanos) para empresas reconhecidas culpadas de discriminação contra as pessoas seropositivas.

A lei contra a estigmatização promulgada pelo Estado de Cross River estipula que uma pessoa portadora do HIV/Sida não deve ser objeto de discriminação no acesso ao emprego, na admissão em instituições, no acesso ao alojamento e noutras vantagens.

Panapress – 07.12.2011

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 24 outros seguidores

%d bloggers like this: