Testes mostram que microbicida rectal é capaz de reduzir transmissão do VIH


Um estudo desenvolvido pela UCLA Aids Institute, nos EUA, descobriu que um gel microbicida de aplicação tópica contendo um fármaco anti-VIH é capaz de reduzir significativamente infecção pelo vírus da sida, avança o portal ISaúde.

 

A primeira fase de um ensaio clínico da droga rectal de prevenção do VIH conhecida como UC781, um inibidor não nucleosídeo da transcriptase reversa, foi descrita na edição actual da revista online PLoS ONE.

 

O ensaio representa a primeira utilização desta nova abordagem para obter revelações iniciais sobre o potencial da droga para prevenir as infecções da vida real durante a exposição sexual. Além disso, ele representa uma contribuição importante para os esforços destinados a prevenir estrategicamente a transmissão do VIH durante a relação sexual anal receptiva.

Enquanto a relação sexual anal receptiva é conhecida por ser a principal via de novas infecções pelo VIH entre os homens que fazem sexo com homens, muito mais mulheres do que homens praticam o sexo anal em todo o mundo. O risco de infecção por VIH, por acto sexual é, em qualquer lugar, de 20 a 2 mil vezes maior com o sexo anal receptivo do que com o sexo vaginal receptivo – especialmente se existirem outras infecções presentes, tais como herpes, gonorreia ou clamídia, segundo o professor de medicina Peter Anton.

 

A redução significativa na capacidade do VIH de infectar tecidos tratados com o fármaco foi surpreendente, pois este era um novo índice nos ensaios clínicos. Normalmente, os ensaios clínicos de fase 1 concentram-se principalmente na segurança.

 

“Embora o objectivo principal deste estudo tenha sido também o de avaliar a segurança, esses novos testes nos permitiram avaliar, indirectamente, se o fármaco e a via de aplicação podem, possivelmente, reduzir as novas infecções por VIH”, disse Anton, que também é membro do UCLA Aids Institute. “Claro, é muito gratificante que os resultados tenham sido tão impressionantes. Esta abordagem reflecte o tipo de análises intensivas que os participantes estão dispostos a tolerar neste primeiro ensaio para nos ajudar a avaliar o potencial de um fármaco no início do seu desenvolvimento”.

 

Anton também observou que embora esta seja a primeira vez que esta análise de ‘infectabilidade’ foi utilizada numa experiência clínica com humanos, os resultados foram bastante significativos.

 

Até agora, os ensaios clínicos de microbicidas focaram-se na transmissão vaginal. Estes ensaios, felizmente, tiveram resultados bem sucedidos no ano passado, após quase uma década de decepção. Mas o desenvolvimento de um gel microbicida de prevenção para a aplicação rectal está em desenvolvimento apenas nos últimos 5 ou 6 anos.

 

No estudo actual, os investigadores testaram uma formulação do gel que foi criado para uso vaginal em testes em humanos e que continham duas concentrações de UC781. Eles inscreveram 36 indivíduos do sexo masculino e feminino na UCLA que não estavam infectados com o VIH, recolheram amostras de sangue e de tecido do recto na linha de base, antes que os participantes fossem aleatoriamente seleccionados para receber placebo ou um grupo para receber uma das duas concentrações de UC781. Todos os participantes receberam o placebo ou a droga activa como uma única exposição pelos médicos da equipa, com amostras recolhidas para a pesquisa 30 minutos depois para a análise.

 

Após duas a três semanas, os participantes retomaram a segunda parte do ensaio, aplicando o gel ou o placebo uma vez ao dia durante sete dias por conta própria em casa. Depois, eles retornaram à clínica para outra recolha de amostras. Todos os participantes completaram o estudo. Entrevistas em profundidade com cada participante avaliaram a sua aceitação da forma actual do produto.

 

Embora o microbicida utilizado para este estudo tenha sido formulado para uso vaginal, a mesma equipa de investigadores também desenvolveu um gel microbicida especificamente para a região rectal, e pretende começar a testá-lo num ensaio clínico em Janeiro de 2012.

Isaúde – 10.11.2011

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 24 outros seguidores

%d bloggers like this: