Ministério vai abrir mais 1.129 camas em cuidados continuados


A coordenadora da Rede de Cuidados Continuados Integrados (RCCI) afirmou quarta-feira ter a garantia da tutela da abertura de mais 1.129 camas até ao final do primeiro trimestre de 2012, avança a agência Lusa.
Inês Guerreiro, que falava na comissão de saúde, disse ainda que o ministério assegurou que “os compromissos assumidos vão ser mantidos nas unidades prontas a funcionar” e que prosseguirão aquelas que estão em obras.

 

Todos os projectos que não iniciaram obra ficarão para já suspensos, com possibilidade de prosseguir em 2013 ou 2014 se houver financiamento garantido, explicou a responsável.
Inês Guerreiro considerou que a taxa de cobertura “não é satisfatória” e tem que evoluir.

 

“As perspectivas [de evolução] são a mudança do sistema de saúde. Não aparece dinheiro do nada. Só se se fizer uma reforma macro do sistema de saúde”, defendeu a coordenadora do RCCI.

 

A responsável salientou ainda que o objectivo da rede não é fechar camas hospitalares, referindo-se às “751 camas fechadas”, entre hospitais e centros de saúde, desde a implementação da rede de cuidados continuados, em 2006.

Lusa – 10.11.2011

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 24 outros seguidores

%d bloggers like this: