A Aurobindo Usa Fundo para Patentes de Medicamentos Genéricos para a SIDA


A Aurobindo Pharma tornou-se o primeiro grande fabricante de medicamentos genéricos a juntar-se à Medicines Patent Pool (Fundo para Patentes de Medicamentos, FPM, em tradução livre), um passo que, segundo o FPM, irá permitir que a farmacêutica fabrique diversos fármacos para o HIV/SIDA cuja produção foi licenciada ao fundo pela Gilead Sciences. Criado pelo sistema de financiamento de saúde UNITAID (fundo mundial para a compra de medicamentos por países pobres), e financiado através de uma tarifa sobre os bilhetes de avião, o FPM tem como objetivo chamar a atenção para a necessidade de medicamentos para o HIV/SIDA a preços reduzidos através da criação de um sistema onde os detentores de patentes possam licenciar o uso da tecnologia de que dispõem para os fabricantes de medicamentos genéricos. A Aurobindo terá vantagem devido a uma disposição que lhe permitirá vender um fármaco, o tenofovir, a um conjunto de países sem pagar taxas pela sua licença. Nestes países poderiam estar incluídas nações com rendimentos médios, como a Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Malásia, Filipinas, Ucrânia e Uruguai.
 
Tradução / Edição: Joana Silva/AidsPortugal
Ben Hirschler/Reuters – 11.10.2011

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 24 outros seguidores

%d bloggers like this: