Acesso aos tratamentos continua a ser um desafio


O combate de doenças graves, como a Sida, foi o tema de um encontro em Moscovo. Apesar dos avanços, o acesso aos serviços de prevenção e tratamento da doença ainda não é para todos.

Várias personalidades de renome internacional reuniram-se, em Moscovo, para discutir formas para atingir o sexto Objectivo de Desenvolvimento do Milénio: combater graves doenças. Os avanços conseguidos no combate do vírus do HIV/Sida e os desafios que permanecem foram abordados pelo grupo, que integrava a activista russa, Alexandra Volgina, e o director executivo do ONUSIDA, Michel Sidibé.

Os BRICS (grupo de países em desenvolvimento com economias crescentes) – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – contam com cerca de 40 por cento da população mundial e um terço das pessoas infectadas com o vírus. Nas cinco nações verificam-se progressos consideráveis na expansão dos serviços de prevenção e de tratamento da Sida. Contudo, em quatro deles, apenas um terço dos doentes beneficiam dos cuidados necessários.

O grupo assinalou também os progressos da China, tendo em conta o aumento do número de novas infecções entre os consumidores de drogas, na Europa Oriental e na Ásia Central. Apontou também para o uso de importantes plataformas, como o desporto e o cinema, para sensibilizar as pessoas para a doença. A discriminação das crianças infectadas nas escolas e a necessidade de haver novas políticas para tratar desse problema foi destacado pela russa, Alexandra Volgina.

Cristina Santos/Fátima Missionária – 16.10.2011

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 24 outros seguidores

%d bloggers like this: